Unidades de Saúde de Balneário Camboriú abrirão neste sábado para vacinação


Foto: Celso Peixoto

Este sábado (09) é o Dia Nacional da Imunização. Em Balneário Camboriú todas as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas, das 8h às 17h, para vacinação contra a influenza, o vírus da gripe. Todos as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários devem ser vacinadas. As crianças são o principal foco deste “Dia D” porque menos de 40% foram imunizadas contra a gripe.

“Estamos muito preocupados porque os pais não estão levando seus filhos para se vacinarem e o vírus da influenza é muito perigoso. Infelizmente nesta semana houve um óbito de uma criança com suspeita de H1N1. Esse paciente de Camboriú foi atendido pelo Hospital Municipal Ruth Cardoso e encaminhado para o Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. Além disso, o irmão desta criança que faleceu, contraiu o H1N1 e também precisou ser hospitalizado no Ruth Cardoso, mas já está bem em casa”, alertou a secretária de Saúde, Andressa Hadad.

Neste ano, dez casos de influenza foram notificados em Balneário Camboriú. Desses, quatro deram positivos sendo pacientes de Itajaí, Itapema, Balneário Camboriú e Camboriú. Além da vacinação, as equipes de Estratégia de Saúde da Família farão busca ativa nas residências para localizar crianças que ainda não se vacinaram. Algumas unidades também aproveitarão o sábado para fazer consulta de clínica médica e preventivo da demanda reprimida.

Com a queda na temperatura, aumenta a necessidade da imunização. Para o médico infectologista, diretor técnico do Hospital Municipal Ruth Cardoso, Pablo Sebastian Velho, há uma confusão muito grande entre os pais sobre o que é gripe e o que é resfriado, o que contribui com que eles não levem seus filhos para se vacinar, por acreditar que a doença não é grave. “Quando falamos da vacina para a influenza não estamos falando de vacina para um resfriado comum, aquele para o qual a recuperação é rápida, tranquila e não há sinais de agravamento da doença. A gripe é uma doença que pode ser bastante traiçoeira. A síndrome gripal ela é caracterizada principalmente pela febre e ocorrência de tosse e dor de garganta, mas a gente entende o quadro de gripe como além do aparecimento desses sintomas, com dores no corpo, dores musculares, nas articulações, pode aparecer dor abdominal e até vômitos e diarreia”, explicou o médico.

Segundo ele, são os outros sintomas da doença, não tão conhecidos, que podem trazer agravos. “Esses prejuízos para o sistema imunológico trazido por uma doença que é mais grave facilita as ocorrências de pneumonias, as doenças bacterianas que acabam por invadir esse sistema mais debilitando, causando uma insuficiência respiratória o que pode levar à morte. Então as complicações relacionadas à gripe são muito sérias e não são banais como aquelas creditadas ao resfriado comum. A única forma de prevenção é a vacina e quanto mais pessoas forem vacinadas contra a gripe menor a circulação desse vírus em determinados ambientes. Essa diminuição da circulação em cascata, faz com que tenhamos progressivamente cada vez menos casos da doença”, alertou Pablo.

Com a queda abrupta da temperatura, nas pessoas têm uma tendência a permanecer em ambientes mais fechados, com menos circulação de ar, em locais onde há um maior número de pessoas. De acordo com o infectologista isso é um campo minado para os vírus respiratórios, inclusive o da gripe. Como as superfícies dos objetos também ficam contaminadas pelos vírus, as pessoas tocando nesses locais e colocando as mãos no rosto, acabam se contaminando também. “Por isso a gente sempre fala que é tão importante lavar sempre as mãos. Mas no caso das crianças, que é o público menos vacinado durante a campanha, elas não têm esse cuidado de lavar as mãos e sempre estão colocando objetos e mãos nas bocas, por isso a vacinação é ainda mais fundamental no público infantil”, finalizou o infectologista.

Números da vacinação em Balneário Camboriú:

Crianças: 39,98%
Trabalhadores da Saúde: 78,52%
Gestantes: 51,54%
Puérperas: 63,45%
Idosos: 99,83%
Professor: 78,68%
Total: 79,36%

Prefeitura de Balneário Camboriú

06/06/2018


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.