Balneário Camboriú: Representantes de 150 municípios são esperados na “Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa


Foto: Celso Peixoto

Governos Municipais, Estaduais, Federal e organizações internacionais de saúde vão se reunir nesta quarta-feira (09), a partir das 8h30, em Balneário Camboriú, para a capacitação do programa “Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa”. São esperados representantes de 150 municípios de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, para o encontro que ocorrerá no Teatro Municipal Bruno Nitz.

Na tarde desta terça-feira (08) o prefeito Fabrício Oliveira recebeu o secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, Halim Antônio Girade, em seu gabinete. “Ficamos honrados em receber essa capacitação, que foca na qualidade de vida e no envelhecimento saudável, o que vai ao encontro do trabalho desenvolvido aqui”, disse o prefeito.

Halim Girade contou que ficou empolgado com o trabalho desenvolvido em Balneário Camboriú. “Pela estrutura e atenção dada à pessoa idosa na cidade, o trabalho realizado aqui deve ser exemplo para as outras cidades do país, pois os serviços prestados são de excelência”, explicou ele, justificando a escolha da cidade para sediar a capacitação da Região Sul.

O encontro vai reunir gestores dos estados do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, além de palestrantes da Organização Pan-Americana da Saúde e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Humano. Balneário Camboriú será a primeira cidade brasileira a sediar a estratégia, que visa levar qualidade de vida aos idosos e promover o envelhecimento saudável e ativo da população brasileira.

Durante a abertura da capacitação, haverá mesa de debate com o prefeito de Balneário Camboriú, a secretária da Pessoa Idosa, Cristina Barrichello, representantes da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano, Secretaria do Estado de Assistência Social de Santa Catarina, Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul e Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social do Paraná.

Também haverá palestra da Organização Pan-Americana da Saúde com o tema “Comunidades e Cidades Amigas da Pessoa Idosa”. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento Humano, palestra sobre “Desenvolvimento Humano e Pessoa Idosa”.

A secretária da Pessoa Idosa, Cristina Barrichello diz que Balneário Camboriú hoje possui reconhecimento nacional em programas para pessoas acima de 60 anos. “Hoje temos 83 oficinas com três polos de atendimentos na cidade, voltados para nossos 60+. Pessoas de outras cidades estão vindo encontrar dicas de como desenvolver o trabalho em seus municípios”, disse ela. Segundo Cristina, existe a expectativa de que no segundo semestre a Organização Mundial da Saúde venha avaliar Balneário Camboriú, para receber o selo “Cidade Amigo do Idoso”.

Um novo olhar para o Idoso

O Brasil tem hoje 29,6 milhões de idosos, cerca de 15% de sua população. Em Balneário Camboriú, a proporção é bem maior do que a média nacional: estima-se que por aqui vivem aproximadamente 30 mil +60, o que corresponde a 33% da população.

Com um novo olhar ao idoso e com o lema “Vem ser feliz 60+ BC”, Balneário Camboriú atende hoje mais de 3 mil idosos – um número bem maior do que os 169 de 2016. A estratégia desenvolvida na cidade segue os seguintes eixos: Saúde Física e Mental; Proteção; Autoestima; Educação; Esporte e Lazer.

A Secretaria da Pessoa Idosa possui 83 oficinas, como pilates, retrodance, línguas estrangeiras, mídias sociais e automaquiagem. Um dos destaques é o programa ABRAÇO de Proteção à Pessoa Idosa, que é reconhecido internacionalmente. Em 2017, o programa atendeu 1.106 casos e as principais ocorrências foram violência financeira, abandono e negligência.

Prefeitura de Balneário Camboriú

09/05/2018


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.