Camboriú recebe dois grandes circuitos de cicloturismo neste mês



Ciclo Verde & Mar inicia no dia 7 no interior da cidade e percorre os 11 municípios da Amfri até o dia 12. Pedalli Cicloturismo será no dia 10 e conta com 50 km de pedalada entre Camboriú e Balneário Camboriú


Ciclistas de diferentes cidades do Brasil e da região vão pedalar por Camboriú entre os dias 7 e 12 de setembro em dois grandes eventos de cicloturismo com trajeto na cidade. O primeiro circuito é o Ciclo Verde & Mar, organizado pela Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú (ACBC), que inicia no dia 7 no interior do município e deve percorrer as 11 cidades que fazem parte da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí Açu (Amfri) até o dia 12 de setembro. Serão, ao todo, 257 km de pedalada num trajeto inteiramente sinalizado.

Outro circuito que inclui Camboriú é o Pedalli Cicoturismo. Será realizado no dia 10, com um roteiro de 50 km que integra as paisagens rurais do interior da cidade com as praias de Balneário Camboriú. O organizador do evento, Luís Eduardo Leal, explica que o trajeto inicia na Cascata do Encanto – na área rural da cidade – e segue às 7h30min até a Interpraias, percorrendo uma boa parte da via que contorna as praias de BC. “O maior diferencial é a composição que os dois trajetos acabam percorrendo entre o rural e o mar. Você vê uma boa parte das paisagens e conhece muito mais cada cidade, de uma maneira que você não conheceria de carro, ou outro meio de transporte. Essa é a grande vantagem do cicloturismo: a diversidade de paisagens e locais que você consegue ir experimentando, parando, fotografando”, defende. O trajeto termina de volta a Camboriú, no mesmo local da largada, onde os ciclistas serão recebidos com almoço e recreação.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rodrigo Fidêncio, o cicloturismo é um atrativo que permite ao mesmo tempo fomentar a economia local e valorizar os recursos naturais da cidade. “São turistas que aproveitam a área rural do município sem causar danos ao ambiente. Ao mesmo tempo, usufruem de restaurantes, pousadas e pequenos comércios familiares que existem no interior da cidade, contribuindo com a qualidade de vida de quem mora e investe no campo”, defende.

O presidente da ACBC, Henrique da Silva Wendhausen, também compartilha desse entendimento. Segundo ele, o interior de Camboriú tornou-se um destino amplamente visado por cicloturistas de diferentes lugares que contam com estrutura no local para se alimentarem, dormirem e se abastecerem de água. “A ideia de desenvolver o cicloturismo nessa região é fomentar o movimento no interior de Camboriú. É possível comprar produtos da agricultura familiar, almoçar em bons restaurantes e sentir o ambiente de uma maneira integrada com a natureza”, destaca.

Roteiro de cicloturismo municipal 

Quem pedala pelo interior de Camboriú regularmente já deve ter percorrido ou ouvido falar no Roteiro do Jacaré. Ele ganhou esse nome porque o trajeto percorrido pelos ciclistas forma um contorno semelhante à silhueta do animal. Trata-se de uma rota popularizada pelo aplicativo Strava, que tem se difundido entre os entusiastas do esporte. Para oficializar e ampliar o acesso da população ao Roteiro do Jacaré, a Prefeitura de Camboriú em parceria com a ACBC trabalha hoje na sinalização do trajeto. De acordo com Henrique Wendhausen, assim que concluído, será o primeiro roteiro de cicloturismo municipal sinalizado de Santa Catarina.

O secretário Rodrigo Fidêncio explica que a Prefeitura está em fase de licitação das placas de sinalização, já que esse é um nicho a ser explorado com investimentos no turismo da cidade. “Estamos nos posicionando como roteiro, projetando os investimentos na estrutura necessária, divulgando as belezas naturais, os pontos atrativos e mostrando que estamos preparados para receber o turista”, afirma.


As inscrições para o Pedalli Cicloturismo vão até o dia 6 de setembro e podem ser feitas no site http://www.riscozeroadventure.com.br/index/calend_ver/418.

Para percorrer todo o Ciclo Verde & Mar, as inscrições já estão encerradas, mas até o dia 6 também é possível garantir uma vaga no grupo Pedal do Loy – que percorrerá apenas um pequeno trecho da rota total de 257 km, em um único dia de pedalada.

Outras informações podem ser obtidas junto à Associação de Ciclistas de Camboriú e Balneário Camboriú, por meio do site http://www.acbc.com.br/.

Prefeitura de Camboriú

05/09/2017


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.