Joesley Batista é convocado para depor na terça-feira em duas CPIs


Marcos Oliveira/Agência Senado

O empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, foi convocado para depor em duas comissões parlamentares de inquérito nesta terça-feira (28), às 9h. Ele deve ser ouvido por senadores e deputados da CPI do BNDES e da CPMI da JBS.

Os irmãos Joesley e Wesley Batista foram presos em setembro na Operação Tendão de Aquiles. Acusados pelo crime de insider trading (uso de informação privilegiada para lucrar no mercado financeiro), eles estão na Custódia da Polícia Federal em São Paulo.

De acordo com o Ministério Público, os irmãos Batista usaram a delação premiada que firmaram com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para obter ganhos no mercado financeiro. No comando do J&F, Joesley teria determinado a venda de ações do frigorífico JBS. Wesley, na presidência do JBS, teria ordenado a recompra das ações. Segundo o Ministério Público, a operação rendeu aos irmãos Batista ganhos de R$ 238 milhões.

Joesley também é suspeito de ter mentido e omitido informações no acordo de delação premiada firmado com a PGR. O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu os benefícios do acordo feito pelo empresário. No caso de Wesley, segundo sua assessoria, os benefícos continuam valendo.

Em ofício encaminhado à CPI da JBS na última quarta-feira (22), os advogados de Joesley Batista indicam que ele deve permanecer calado durante a reunião. Os defensores do empresário lembram que outras três pessoas convocadas para depor à comissão já ficaram em silêncio: o próprio Wesley Batista; o advogado Francisco de Assis e Silva e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud.

“O exercício do direito ao silêncio é a clara posição a ser tomada diante da atual situação jurídica dos acordos de colaboração premiada. A decisão de manter a oitiva do ora requerente poderá acarretar elevados e desnecessários gastos públicos pela quarta vez”, argumentam os advogados de Joesley Batista.

Agência Senado

28/11/2017


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.