Defesa Civil alerta para riscos de novas inundações em Camboriú


Foto: Yehuda Severino


 
Chuva será intensa ao longo desta quinta-feira. Volume de água pode chegar a 70 mm. Defesa Civil e Vigilância Sanitária orientam moradores sobre os cuidados necessários

 
A Defesa Civil de Camboriú alerta que as pancadas de chuvas irão persistir nesta quinta-feira, dia 11. Cidades do litoral, entre o município e Florianópolis, terão momentos de intensidade – das 12 horas às 23h59min – e o volume de água pode variar entre 50 a 70 mm. As informações são de meteorologistas da Epagri/Ciram.
 
O secretário de Proteção e Defesa Civil, Flávio Geraldo, comenta que o índice de chuva será similar ao da última noite e que há riscos de novas inundações e deslizamentos de terra. “Orientamos nossos moradores que evitem contato com a água, além de não transitarem por via alagadas. A indicação é que todos permaneçam dentro de casa ou em locais seguros”, enfatiza.
 
A orientação para os moradores é que evitem contato com as águas durante alagamentos e inundações, não dirijam em lugares alagados e tenham muito cuidado com as crianças próximas de rios e ribeirões. Como há risco de deslizamento de terras, também deve ser observado qualquer movimento do solo ou rochas próximas às residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes.
 
Nesses casos, é recomendado que a família saia de casa e acione a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros. Os moradores de Camboriú podem entrar em contato com a Defesa Civil pelo telefone (47) 3365-0198, ou com o Corpo de Bombeiros do município, no 193.
 
Outros cuidados necessários
 
A Vigilância Sanitária de Camboriú relembra que a população deve tomar certos cuidados em situações de enxurrada. Dentre as orientações, está o uso de botas ou sacolas plásticas para proteger os pés; higienizar as mãos com álcool em gel, se possível; e se atentar dores na panturrilha, fadiga, febre, entre outros, que sinalizam leptospirose – uma Unidade de Saúde deve ser procurada se manifestados esses sintomas.
 
“As orientações se estendem também ao consumo de alimentos. Produtos que ficarem submersos não podem consumidos, mesmo que estejam envoltos em embalagem plástica ou sejam enlatados. Caso os alimentos tenham sido retirados da geladeira, mesmo que sem contato com água imprópria, também não devem ser ingeridos”, orienta a diretora de Vigilância em Saúde, Josiane Farias.
 
Moradores que recebem água do sistema público devem entrar em contato com a companhia responsável pela distribuição se observarem alterações no odor ou coloração. Para ingestão de água, o indicado é tratá-la com cinco gotas de hipoclorito de sódio, após 30 minutos da aplicação, ou ferve-la antes do consumo.

Prefeitura de Camboriú

11/01/2018


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.