“Compre de SC” e união dos municípios foram destaque na abertura do Congresso de Prefeitos


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira destacou nesta terça-feira, 12, que a união dos municípios é que faz de Santa Catarina o melhor Estado do país. A declaração aconteceu durante a solenidade de abertura do Congresso de Prefeitos, organizado pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

O presidente da Fecam e prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, salientou que o conhecimento e a eficiência vão trazer os bons resultados para o Estado. “Nós, prefeitos, temos muito que ouvir e conhecer em gestão e eficiência pública. Valorizar o que de bom tem sido feito em diversas prefeituras catarinenses e que podem ser aplicadas com êxito. É o nosso objetivo”, destacou.

Durante o evento, foram assinados dois protocolos de intenções e um acordo de cooperação entre o Governo do Estado e a Fecam. Uma das assinaturas foi para o Compra Legal, um programa com o objetivo de incentivar os municípios para que adquiram produtos e serviços locais, favorecendo a produção regional e, consequentemente, fortalecer a economia de cidades catarinenses. Essa ação, atrelada ao projeto Compre de SC, busca valorizar ainda mais os produtos e serviços catarinenses.




>>> Mais imagens na galeria

“O Compra Legal, que o secretário de Desenvolvimento Sustentável está apresentando, é uma lei de 2006 que estimula regionalmente o consumo de micro e pequenas empresas. Eu acho que isso é importante, para que se compre na região e não de empresas grandes distantes. Esse era o começo do processo de descentralização, por isso a lei é de 2006”, disse o governador.

Compre de SC e Compra Legal

As duas iniciativas promovidas pelo Governo do Estado buscam estimular o consumo de produtos e serviços genuinamente catarinenses como forma de colocar nosso Estado em destaque no cenário nacional e, principalmente, diminuir os impactos causados no último mês pela greve dos caminhoneiros.
“O que posso registrar de forma muito preocupada é que a receita do Estado nesses primeiros 10 dias de junho foi 14% inferior a abril, isso precisa de cuidados expressivos, sabemos que os meses de junho e julho serão mais difíceis, mas nós vamos estimular cada vez mais a nossa economia”, destaca o governador Eduardo Pinho Moreira.

O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, catarinense e também presente à abertura do Congresso de Prefeitos, conhece bem o nosso Estado e apoia o programa. “Essa é uma boa iniciativa do governador nesse momento que tem uma queda de arrecadação gerada por fatores externos. Isso vai ajudar a compensar a produção econômica de Santa Catarina. Nós pedimos à população que se inspire nesse movimento de comprar produtos catarinenses, porque o produto é bom”, reconhece.

Investe SC

Também nesta manhã foi assinado a Investe SC, com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico, para atrair novos investimentos de regiões de Santa Catarina. O protocolo assinado com a Fecam e a agência oficial do Estado (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e Secretaria da Fazenda) atua em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e SC-Parcerias, braço empreendedor do Governo.

Ainda foi assinado um acordo de cooperação entre a empresa Visiona, Senai, Governo de Santa Catarina e Fecam para iniciar os trabalhos colaborativos e de estudos para o melhor uso do primeiro satélite 100% brasileiro feito pela indústria.

Por meio do Laboratório de Inovação do Governo de Santa Catarina, SC+Inovação, a parceria vai permitir que Santa Catarina seja o primeiro Estado a testar o satélite, que permite uma série de aplicações, principalmente na Agricultura, Defesa Civil e Educação.

Prodetur

Ainda durante a abertura do Congresso de Prefeitos, o ministro Vinicius Lummertz apresentou o Prodetur + Turismo, programa do Ministério do Turismo, que oferece linhas de crédito com prazos e juros diferenciados para o setor, a partir da parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Essa parceria tem o intuito de impulsionar o turismo brasileiro, além de estruturar destinos turísticos e promover o desenvolvimento regional.

“Com o Prodetur+Turismo será possível acessar recursos para viabilizar projetos nas regiões turísticas do Estado que já participam do processo de planejamento e que objetivam diagnosticar fatores relacionados a competitividade no mercado nacional e internacional de turismo”, destaca o secretário do  TurismoTufí Michereff.

“A expectativa é a melhor possível, até porque o ministro tem um vínculo com Santa Catarina, é catarinense, conhece como poucos o Estado e, acima de tudo, sabe o potencial que temos. O Estado cresce muito e o turismo é a atividade vital para a nossa economia que deve ser estimulada. É claro que agora os prefeitos e principalmente a iniciativa privada é que devem buscar esses recursos para acelerar o setor que há anos atrás não tinha tanta importância e agora representa 13% da nossa economia”, acrescenta o governador Eduardo Pinho Moreira.

Agência Brasil

13/06/2018


© 2017 Camboriú On-line. Todos os direitos reservados.